O Cristão e a Música EMO

Muito se tem falado nesse tipo de música nesses últimos anos, principalmente no nosso País, esse tipo de música vem ocupando um espaço com grande velocidade em função do grande número de adeptos no Brasil. Já que, o que alimenta um estilo musical e respectivamente uma banda no estilo propriamente citado, é o público que alcançado pela mídia, seja ela profissional ou amadora de certa forma curte o tipo de música e isso se alastra com grande força e velocidade. Mas talvez a origem do Estilo não tenha tanta importância pra quem quer simplesmente curtir uma música. Porém, achei interessante estar falando sobre a música EMO, que de certa forma vem sofrendo alguns preconceitos por influenciar negativamente em alguns aspectos, e não ter uma base cultural definida, não existe uma cultura sólida por trás do estilo, além do que, é um assunto que interessa à Igreja de Cristo. Mas enfim, como surgiu? Porque exatamente tem ganhado tantos adeptos? E a igreja, como tem recebido esse estilo dentro delas? E qual é a visão da Igreja em relação a esse tipo de Música?

A música EMO nada mais é do que um ramo do HARDCORE Punk que surgiu em meados dos anos 80 na capital do EUA, que foi difundido por bandas como Fire Party, Embrace e outras mais. O termo saiu de uma abreviação do inglês “Emotional Hardcore” a fim de expressar de forma mais emotiva, as letras do Hardcore que outrora eram bem agressivas e as músicas de andamento acelerado, que por fim ganhou-se o nome mais sólido e mais usado atualmente que é o “Emocore”.

O EMOCORE transmite de dentro do HARDCORE, músicas que expressam mais o lado emocional do compositor em relação ao próprio estado do mesmo, com letras mais emotivas, dramáticas, ou até mesmo sentimentais no que diz respeito a relações de namoro, amizade, expressão de traumas, problemas de identidade e diversas outras coisas. E que trazem melodias e harmonias bem menos agressivas e pesadas, e mais lentas do que o Hardcore tradicional. Enfim, elas realmente expressam o estado emocional do compositor, como também pode influenciar o estado emocional de quem curte.

Interessante que na época, as bandas de EMOCORE jamais aceitaram ou se auto-definiram através desse rótulo, mas era o que continha na identidade das mesmas. Devido ao fato de que na cultura alternativa, diz-se que alguém é ou está EMO quando demonstra muita sensibilidade, sendo citado em casos extremos, o homossexualismo, causando conflito entre o PUNKROCK e o EMOCORE. A palavra “Emo” é vista como uma piada ou algo pejorativo e artificial causado principalmente pelo impacto visual na sociedade. Ainda mais se falando de um país como o BRASIL.

O EMOCORE ainda traz consigo um estereótipo que na verdade surgiu em 2000 que foi induzido principalmente pela banda NXZero formada em 2001, que é fortemente marcado atualmente por um estilo de roupa bem alternativo como trajes pretos, trajes listrados, como os Mad Rats (sapatos parecidos com All-Stars), cabelos coloridos e franjas caídas sobre os olhos e até mesmo unhas pintadas, ainda acompanhado por um linguajar diferenciado.

O Maior público do EMOCORE são os adolescentes e jovens em geral, pois essa fase é uma fase de dúvidas, escolhas, inconstâncias e descobertas. E pelo comportamento emotivo tolerante que o EMOCORE proporciona, dá uma sensação de liberdade ao adolescente de também expressar através do próprio estereótipo o seu estado emocional.

Aí vem a pergunta, como encaixar isso dentro da Igreja? Bom, quero usar um versículo que gosto muito pra falar disso. Em 1 Co 6.12 diz: Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”. Esse texto me deixa entendido de que eu posso ouvir uma música EMO desde que eu não me deixe ser dominado por ela a ponto de ser afetado espiritualmente. Precisamos entender que existe o EMOCORE Secular e o EMOCORE Cristão. A exemplo do Pagode, não podemos de forma nenhuma aderir toda a cultura do PAGODE, se não, teríamos em nossas igrejas, mulheres “semi-nuas” mostrando sensualidade, o que é abominável a Deus. (Leia Gl. 5.19 e Mt.5.8). Da mesma forma a música EMO, o EMOCORE pode até ser utilizado pela igreja, desde que seja nos padrões da palavra de Deus. Não se pode aderir toda a cultura da Música EMO, em função dos nossos limites como servos do Senhor. Vejamos, que não há problema em expressar emoções em músicas, e normalmente é também pra isso que serve a música. O que eu vejo que é prejudicial, é a pessoa viver uma vida apoiada na melancolia, atrás de sentimentos que não foram entregues a Deus, se submetendo a um complexo de inferioridade pela alimentação de um estilo que tem por base a emoção. Pois, a Emoção é o desejo natural de agir mediante ao que se vê, ouve e fala. Ou seja, é algo contrário à fé, que de acordo com o escritor de Hebreus que diz no Capítulo 11: ” Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem”. Isso está soando algo extremamente conflitante. Pois a bíblia diz que em “Galatas 3.11” que o Justo viverá pela fé. Por isso, é mais sábio a avaliação, se eu realmente estou me deixando dominar pela Cultura. Caso seja, melhor ficar atento, pois o próprio inimigo maqueia coisas exatamente pra não nos deixar ver o que está por trás do que nos influencia. “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar”; 1 Pedro 5:8.

Uma questão ainda mais polêmica em minha opinião e na maioria das pessoas que já expressaram opiniões a respeito em Relação à Cultura do EMOCORE, é o estereótipo masculino. A realidade é que, mulher e homem se confundem, quando os dois se enquadram cem por cento no perfil de um EMO. Daí, nasce o preconceito e automaticamente um problema para a igreja, pois normalmente o homem, sem perceber é influenciado a ter atitudes femininas, e mesmo que não seja, é visto como homossexual. Eu não vejo problema na música EMO desde que encaixe no padrão Bíblico. Porém, eu respeito e não abomino o estereótipo, o problema é que na sua maioria, os homens se mostram efeminados, daí já afeta um princípio Cristão. (leia I Co. 6.10). E isso, de certa forma gera escândalo na igreja que tem a sua obrigação de não aceitar padrões mundanos dentro de si. (Rm.12.2). Logicamente que Deus falou a Samuel que Ele escolhe pelo coração como está escrito em I Sm.16.7. Já em I Ts 5:22 diz: “Abstende-vos de toda a aparência do mal”. Não estou querendo dizer com isso, que o estereótipo formado pela cultura EMO seja aparência do mal, deve se observar que mal isso causa à igreja. Não podemos achar que o que seja certo pra nós, seja aprovado pela comunidade à qual fazemos parte. Se submetemos à uma liderança, logicamente devemos obedecer, aí cabe a interpretação do líder.

Por outro lado, se a música EMOCORE-GOSPEL tiver melodias e letras que expressem a Deus nossos sentimentos, serão benção como todos os outros estilos, principalmente se for para atrair vidas para o Reino de Deus, o que eu acho que foi bem retratado pelo Apóstolo Paulo em (I Co.9.22b) “Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns”. Mas é claro que todos devem tomar ciência da liderança do seu pastor, que caso a interpretação dele seja, que realmente é inaceitável qualquer resquício da Cultura da música EMO dentro da igreja, já é outra situação, que no caso seria desencadeada pela desobediência à própria liderança, o que também é abominável a Deus. (Hb.13.17). Mas não deixe de saber a opinião do seu pastor em relação ao assunto, pois muitas coisas podem ser erradas ou certas, dependendo da interpretação de quem a qual se submete, passando a ter responsabilidade, aquele que ensina. O que escrevi aqui é simplesmente uma opinião sobre o assunto, e também mostrar a origem da música definida pelo estilo EMOCORE, mas o assunto é bem amplo, além de polêmico, mas espero poder ter acrescentado ao leitor. Quero terminar com uma tese que creio: “Todos os estilos de música podem louvar ao Senhor, desde que esteja de fato louvando-o”.

Deus abençoe

Esdras Souza

Tags: , , , , , , , , ,

5 Respostas to “O Cristão e a Música EMO”

  1. simone Says:

    quero uma musica emooooooooo

  2. aslley Says:

    olha eu tenho uma dúvida ..tiipo:
    meus pais são evangélicos , e não me deixam escutar musicas “mundanas” , eu queria ser emo , mas não usar aquelas roupas bizarras , aquela maquiagem preta nos olhos ..maquiagem superpesada , muito menos fazer tatuagens e colokar piercings , so queria ter o cabelo liso e a franja e umas roupas mais leves , e ouvir livrimente a musica emo , tenho varios amigos emos ..tipo ele~s ouvem musica tipo rock bem leve , musicas que expressam emoçoes , acho as musicas que eles ouvem muiito lindas , p-ois ela naun obriga ninguem a fazer nada .. so tem sentimentos nela … , queria saber como convencer os meus pais a deixar eu ser emo …( vou continuar commo estou na personalidade , vou continuar ir a igreja nos dias de culto.. nada vai mudar , apenas vou ser emo não exagerada.

  3. lucas cirilo Says:

    acho que sim

  4. lucas cirilo Says:

    Eu gosto do estilo de voz dos cantores de emocore gospel, ate agora não vi nenhuma das bandas que gosto serem iguais as do mundo ou se vestirm igual a elas pois a palavra de DEUS diz;:não ameis o mundo nem o que nele há!!!!! todos os ritmos pertencem ao criador não os modismos ou as roupas mais que o ritmo não tome o lugar principal e sim JESUS CRISTO!!!!! Eu sou um adepto do rock gospel ousso, louvo rock gospel e mesmo ouvindo esse ritmo DEUS me usa e eu sinto a presença dele e tenho sido contra atacado por satánas.SE o rock é do diabo então porque ele luta contra mim mesmo louvando o rock gospel???? o diabo não tem casa ele não tem nada então pegou os ritmos do SENHOR e colocou suas lertas imundas nas coisas santas pra confundir as pessoas.Meu irmão não importa o ritmo mais sim a letra se ela agrada á DEUS ou não!Eu mesmo não gosto de música mundana e as vezes quando vejo que estou ouvindo sinto DEUS se intristecer comigo!!!! AtÉ MAIS E FIQUEM NA PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO!!! PREPAREM-SE POIS NOSSO DEUS ESTÁ VOLTANDO!!!!

  5. Roger Habit Says:

    Eu queria ser emo ….. Eu gosto do estilo de voz …. reparem que suas duvidas estão baseadas no seu “EU” Ser cristão é abandonar o seu querer e fazer a vontade de DEUS… já não vivo mais eu… Cristo vive em mim! Procurem saber através da palavra a vontade de DEUS para suas vidas… Ele é o Grande “EU sou”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: